sábado, 29 de outubro de 2011

Saudade...

Este é o fim-de-semana em que eu não quero ouvir falar de algumas pessoas... Não porque desgoste delas, muito pelo contrário, mas porque a saudade tão grande que tenho medo de não suportar!
Ontem diziam-me "eu já aprendi a lidar com este vazio que vive cá dentro", mas pra mim esse vazio começou agora a encher e a tomar forma. Parece quase que trocamos de papéis e sou eu agora quem derrama uma lágrima por aqueles que me acolheram com tanto carinho.

Hoje tenho saudades vossas Pedro e Miguel, pelos sorrisos constantes que transportam para os outros e pela constante brincadeira que é vivida num dia com vocês!
Hoje tenho saudades vossas Hugo e Licínia, porque me mostraram que não vale a pena ter medo da vida, mas vive-la sempre com um sentido maior e mais válido.
Hoje tenho saudades suas Sr Zé Carlos, das fantásticas conversas que partilhamos juntos.
Hoje tenho saudades suas D. Florbela, do empenho e carinho que põe em tudo o que faz, que exemplo!
Hoje tenho saudades tuas Carlita :D de voltar a ser emplastro no teu quarto e partilhar mais um pedacinho de vida contigo!
...Aninha... Rui... Paulo... Marco... Carla... Teresa... O Sr. Do Académica... O Pe. Joaquim...

Obrigada  a todos por me terem abraçado tão fortemente que agora é difícil largar!

7 comentários:

cutchie disse...

Olha... pifou do caixote!!!
:)

Saudades de um bando de doidos...
Bjocas

malmequers disse...

Aqui não existe o "like", que pena!

“A saudade existe não porque estamos longe, mas porque um dia estivemos juntos”. É uma frase feita é certo, mas não deixa de ser uma verdade profunda…

Só temos saudade, o tal sentimento indefinido, porque um dia nos conhecemos, nos encontrámos, nos relacionámos... não nos somos indiferentes e, isso é bom, muito bom!
A distância faz parte da vida de todos nós e, o meu pai como forma de minimizar esta realidade por vezes quase dolorosa, repete indefinidamente que está bem se estivermos bem. Não apaga a saudade, mas retira-lhe o enfoque...
Um abraço aos dois!

Dogus disse...

Obrigado por não estar incluído nesta conversa linda...

Hannah disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Hannah disse...

Claro que estás! :)
Podemos ter nos visto de fugida, mas isso não te rouba nem um pedacinho..

Acrescentando: Obrigado ao Dogus por me dar os bons dias logo de manhã saltando pra minha cama e ficando à espera de umas festinhas! Acho que nunca me dei tão bem com um cão :P

Obrigada à gata, por mesmo desconfiada ter ido cheirar o "canto da dona" e ter ficado.

Dogus disse...

E a Sra. Dra. tinha que estragar tudo com o raio da gata... ESQUEÇAM QUE ESSES ANIMAIS EXISTEM!!! Cães ao poder!!!

Carla Isabel disse...

Só hoje é que tive tempo de aqui vir espreitar :P

E fico à espera que vás a Évora...não para seres "emplastra", nem para eu ter uma desculpa de dormir no sofá...mas porque naquele espaço onde já partilhei tanta coisa com o nosso Vitinho, também quero partilhar contigo :)

Um beijinho grande aos dois com saudade!