domingo, 13 de julho de 2008

Alguém me disse...

Hoje guardo comigo um segredo muito especial. Daqueles que só guardamos no coração, sabes?
Contaram-me pelo caminho, pelo caminho da vida, e disseram-me que estavam a contar a verdade. Que era a sério e de fonte segura.
Eu desconfiei ao início, achei que não podia ser verdade, tipo São Tomé, mas fizeram-me ver com os meus próprios olhos que tudo aquilo era possível. Enchi o peito de coragem e fui caminhando, em pezinhos de lã, para ver se conseguia espreitar para além dos medos.
E pum, zás, fiooo... Não consigo explicar... Apenas onomatopeia de uma explosão de felicidade conseguem traduzir aquela realidade. Como se uma rocha tivesse explodido no peito e tudo o que sobrou foram apenas pequenos bocadinhos, em forma de doces, para saborear a vida inteira...

Sabes, hoje guardo comigo essa suavidade e doçura, que me contaram um dia ao ouvido dizendo:

DEUS AMA-TE!


2 comentários:

Anónimo disse...

...ainda não percebi porque é que este blog se chama "beleza escondida"...quando ela está tão à vista... ;o)

Um beijinho grande

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.